Programa ajuda a lidar com alimentação, imagem corporal e emoções

Estudo da Universidade de Coimbra

26 abril 2016
  |  Partilhar:
Investigadores da Universidade de Coimbra (UC) está a desenvolver um programa sobre as dificuldades do controlo do comportamento alimentar e com a imagem corporal, através de treino de meditação na regulação desse comportamento.
 
O estudo, que surge na sequência do “BEfree”, programa de intervenção em grupo para dificuldades do comportamento alimentar, propõe, através de “uma abordagem inovadora”, novas formas de lidar com a alimentação, com o corpo e com as emoções.
 
Segundo o comunicado da UC, ao qual agência Lusa teve acesso, uma equipa de investigadores do Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental (CINECC) da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da UC está a desenvolver um programa “focado no comportamento alimentar e regulação emocional”.
 
O programa, denominado “CARE”, tem a duração de três semanas e é para ser realizado em casa, através do suporte de materiais fornecidos pelos investigadores envolvidos no projeto.
 
A UC refere que esta é uma abordagem inovadora na qual as participantes vão contactar com práticas de meditação focadas na gestão equilibrada da alimentação e peso, na libertação de estados emocionais negativos e na promoção de bem-estar.
 
A investigadora Cristiana Duarte explica que, o “CARE” tem como objetivo ajudar as pessoas com estas dificuldades a desenvolver novas formas de lidar com a alimentação, com o seu corpo e com as suas emoções, com o intuito de melhorar o seu bem-estar e adotar uma relação mais compassiva e equilibrada com elas próprias. 
 
O programa está aberto a participantes do sexo feminino, com idades compreendidas entre 18 e 55 anos. As candidaturas podem ser feitas através de estudocare@gmail.com.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.