Profissionais de xadrez desenvolvem área cerebral da intuição

Estudo publicado na revista “Science”

27 janeiro 2011
  |  Partilhar:

Através da monitorização do fluxo de sangue para detectar a actividade cerebral, os investigadores descobriram que os jogadores experientes de shogi, um jogo japonês semelhante ao xadrez, usam duas regiões cerebrais para efectuar os movimentos cruciais.

 

Ao contrário dos jogadores amadores que usam uma região chamada lobo "precuneus" do lóbulo parietal, os profissionais usam o núcleo caudado, na parte mais profunda do cérebro, explicou, em comunicado, o líder da investigação, Keiji Tanaka, Laboratório de Mapeamento Cerebral Cognitivo do Instituto de Ciencia Cerebral RIKEN.

 

"Os profissionais treinam exaustivamente durante um longo período de tempo, mais de 10 anos, e durante muitas horas por dia. Este treino abrangente (teria) mudado a actividade do córtex cerebral para o núcleo caudado", explicou o autor do estudo.

 

Segundo explicou o cientista, o núcleo caudado encontra-se bem desenvolvido em ratos e furões, enquanto o córtex é altamente desenvolvido nos primatas (...) Para se tornarem especialistas, os mestres do shogi começam a utilizar todas as partes do cérebro".
O autor espera que este estudo inspire os cientistas a investigar mais e melhor os poderes intuitivos do núcleo caudado.

 

"Os jogos não seriam muito importantes para a sociedade (...) mas os auditores, investigadores criminais, os médicos, todos, necessitam da intuição para encontrar o ponto de preocupação, o grau de anormalidade", justificou Tanaka, exemplificando com os engenheiros informáticos que, muitas vezes, têm de confiar na intuição para localizar a origem de um problema. "Os engenheiros de excelência não podem explicar porque razão são tão bons, algo muito semelhante ao que acontece com os jogadores profissionais de xadrez".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 2
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.