Produtos transgénicos danificam fetos de ratinhos

Novo estudo levanta celeuma

04 junho 2006
  |  Partilhar:

 

Um estudo russo feito em ratinhos concluiu que o consumo de soja geneticamente modificada durante a gravidez aumenta em seis vezes a mortalidade nos recém-nascidos.
 

 

A pesquisa, conduzida por Irina Ermakova, da Academia das Ciências Russa e divulgado pelo jornal britânico The Independent, verificou que mais de metade dos ratinhos recém-nascidos cujas mães comeram soja transgénica na gravidez morreram nas primeiras três semanas de vida, seis vezes mais do que os ratinhos com mães com dietas normais. Além disso, os primeiros nasciam com peso a menos, numa taxa seis vezes mais elevada que os segundos.
 

 

Este é mais um estudo que vem tentar provar os efeitos dos transgénicos sobre a saúde. Recentemente, lembra o jornal, um estudo italiano ligou o consumo de soja transgénica a problemas de fígado e pâncreas nos ratinhos. Apesar dos receios levantados periodicamente por alguns cientistas, a Organização Mundial de Comércio deverá, este mês, apoiar uma acção colocada pelos EUA para obrigar os países europeus a aceitar alimentos transgénicos.
 

 

Fontes: Público.pt e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.