Produtos para pintar o cabelo retirados do mercado

Ordem do INFARMED

09 março 2010
  |  Partilhar:

O INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde) enviou uma nota em que ordena a retirada do mercado de vários produtos para pintar o cabelo de uso profissional, dado conterem na sua composição substâncias proibidas.

 

Os produtos cosméticos e de higiene corporal em questão pertencem à gama “Glam Hair Color”, da marca Tempting Professional Color System, comercializados pela empresa “Tributo da Cor - Importação de Cosméticos”.

 

Segundo o INFARMED, estes produtos têm na sua composição os corantes capilares “2-nitro-p-phenylenediamine”, “N,N-Diethyl-m-aminophenol sulfate”, “Hydroquinone”, “Basic Red 2”, “Basic Blue 7” e “Basic Blue 9”, cuja utilização está proibida em produtos cosméticos.

 

A autoridade do medicamento notificou “todas as entidades envolvidas no circuito de distribuição e comercialização dos referidos produtos sobre a suspensão imediata da sua comercialização”, lê-se no sítio oficial do INFARMED.

 

O organismo advertiu ainda os profissionais do sector e os consumidores que tenham adquirido ou que estejam a utilizar estes produtos para deixarem de os usar ou, caso os detectem no mercado nacional, para o comunicarem ao INFARMED.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.