Produtos de ervas chinesas associados a maior risco de cancro do sistema urinário

Estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”

29 dezembro 2009
  |  Partilhar:

O carcinogéneo ácido aristolóquico, presente em muitos produtos utilizados na medicina tradicional chinesa, foi associado a um aumento do risco de cancro do tracto urinário, revela um estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”.

 

O ácido aristolóquico, conhecido na China por Mu Tong, encontra-se naturalmente em algumas ervas que se usam em produtos para tratar a hepatite, infecção urinária, rinite, dismenorreia e eczema.

 

Estudos anteriores já tinham relacionado o carcinoma urotelial com o uso de ácido aristolóquico, mas este é o primeiro trabalho em que se analisa a possibilidade de estabelecer a mesma associação entre o cancro e os produtos feitos a partir de ervas que contenham este ácido.

 

Neste trabalho recente, investigadores liderados por Jung-Der Wang, da Universidade de Taiwan, analisaram o historial clínico de 4.594 pacientes com cancro do tracto urinário e compararam os resultados com os de 174.701 pessoas sem a doença.

 

No comunicado publicado no sítio Eurekalert, os cientistas referem que o risco de desenvolver aquele tipo de cancro aumenta à medida que se ingerem doses maiores do ácido aristolóquico.
 

"Além da proibição dos produtos que contenham qualquer quantidade de ácido aristolóquico, também recomendamos um controlo das ervas e produtos herbáceos chineses que possam ser adulterados com ervas que contenham a substância", adverte a equipa de cientistas.

 

"Finalmente, os pacientes com antecedentes de nefropatia provocada por ácido aristolóquico ou que tenham tomado Mu Tong ou Fangchi antes da sua proibição deveriam ser monitorizados regularmente para o cancro do sistema urinário", alertam os autores.

 

Desde 2003, é proibida em muitos países a comercialização de produtos com ácido aristolóquico devido aos casos clínicos em que se associou a toma desse produto com cancro do trato urinário.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.