Problemas visuais das crianças têm diagnóstico tardio

Alerta da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia

08 outubro 2009
  |  Partilhar:

Os problemas visuais das crianças têm um diagnóstico tardio, alertou o presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia.

 

António Travassos explicou à agência Lusa que a ambliopia, ou olho preguiçoso, a patologia visual que mais afecta as crianças portuguesas “é totalmente recuperável em muitos casos, só que as crianças chegam demasiado tarde às consultas".

 

Este problema é considerado como uma das maiores prioridades do Programa Nacional para a Saúde da Visão, o qual tem por objectivo a redução dos problemas de visão não diagnosticados e a prevenção da cegueira. A par deste problema, o programa pretende também tomar medidas na prevenção e no tratamento do glaucoma, retinopatia diabética, cataratas e degenerescência macular relacionada com a idade.

 

O coordenador do programa, Castanheira Dinis, explica que "o que se propõe é que as crianças façam um rastreio visual por volta dos cinco anos, antes de entrarem na escola". Este rastreio deverá ser realizado nos centros de saúde e só as crianças a quem forem diagnosticados problemas devem ser encaminhadas para consultas nos hospitais, de acordo com um guia de boas práticas oftalmológicas que estabelece estas orientações.

 

Segundo o coordenador do projecto, estas medidas são essenciais para impedir o desenvolvimento de doenças que podem levar à cegueira.

 

Por outro lado, o presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia alerta para as dificuldades de detectar precocemente estes problemas, dado que"os pais podem não se aperceber logo porque as crianças podem ver bem de um dos olhos e fazerem uma vida normal."

 

António Travassos defende que o diagnóstico atempado pode ser realizado desde que "os médicos e os pais exerçam correctamente as suas funções".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.