Problemas auditivos não impedem desenvolvimento da fala

Estudo da da Australian Hearing

17 outubro 2006
  |  Partilhar:

 

Crianças que nascem com dificuldades auditivas podem chegar a desenvolver completamente a fala se forem diagnosticadas a tempo, segundo um estudo realizado por cientistas da Australian Hearing.
 

 

A investigação foi feita junto de duzentos menores australianos e distinguiu os que receberam assistência antes de cumprir os seis meses e os que receberam a partir dessa idade.
 

 

Teresa Ching, da Australian Hearing, disse em conferência de imprensa que, segundo as suas conclusões preliminares, "os meninos que receberam audífonos e terapia quando eram muito pequenos têm habilitações linguísticas expressivas e receptivas iguais às das crianças que não sofrem de dificuldades auditivas".
 

 

O estudo demonstrou ainda que os jovens que receberam ajuda mais tarde, por a dificuldade auditiva só ter sido descoberta quando eram maiores, revelavam capacidade linguísticas reduzidas.
 

 

Os problemas daí derivados poderão ser educacionais, psicossociais e vocacionais, razão pela qual é fundamental examinar as crianças o mais cedo possível, indicou Teresa Ching. O estudo recomenda, por isso, a realização de testes auditivos a todos os recém-nascidos.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.