Primeiro laboratório português a investigar sexualidade humana

Universidade de Aveiro recruta voluntários

21 abril 2009
  |  Partilhar:

A Universidade de Aveiro formou o primeiro laboratório português de investigação sobre a sexualidade humana e procura voluntários para desenvolver um estudo sobre a saúde sexual.

 

O primeiro estudo de investigação experimental, “A saúde sexual da mulher e do homem: contributos para um modelo de compreensão biopsicossocial”, deverá contar com a colaboração de uma centena de pessoas, com idades entre os 18 e os 50 anos, metade de cada sexo, procurando reunir uma amostra o mais representativa possível da população portuguesa.

 

Segundo explicou à agência Lusa o responsável pelo SexLab, Pedro Nobre, a experiência consiste em medir as respostas fisiológicas a estímulos sexuais. Isso irá ser feito através de equipamentos que medem a vasocongestão vaginal na mulher e a erecção do pénis no homem enquanto são projectadas imagens sugestivas.

 

Aos voluntários é garantida toda a privacidade e anonimato, sem que se verifique durante aquela experiência qualquer observação directa por parte dos investigadores.

 

O SexLab resulta de um projecto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), sendo o primeiro em Portugal e um dos poucos do género existentes no mundo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.