Primeiro aparelho em Portugal e na Europa que analisa a evolução da massa óssea

Novo meio de diagnóstico apresentado em Lisboa

06 dezembro 2001
  |  Partilhar:

O Instituto Português de Reumatologia (IPR) irá proceder, nos próximos dias 6 e 7 de Dezembro, das 9h às 16h, na Gare Marítima de Alcântara em Lisboa, à primeira demonstração, em Portugal e na Europa, de um inovador aparelho que permite conhecer a curva normal de evolução da massa óssea na população.
 

 

Tornar acessível a todos os portugueses um importante meio de diagnóstico sem o qual a avaliação dos tratamentos não são quantificáveis, é um dos objectivos do IPR a curto e médio prazo.
 

 

O aparelho de densitometria irá permitir a medição exacta da massa óssea na coluna vertebral e no fémur, os locais mais afectados por fracturas em doentes osteoporóticos.
 

 

Actualmente a Osteoporose ocupa o 7º lugar como causa de doença nos EUA e o 12º como causa de morte em consequência das fracturas que causa e respectivas complicações.
 

 

Em Portugal estima-se que as fracturas provocadas por esta patologia contribuam para mais de 2 milhões de contos só em custos directos.
 

 

Esta unidade móvel vai estar presente e operacional por ocasião do 53º aniversário Instituto Português de Reumatologia cujas comemorações terão lugar na Gare Marítima da Alcantara na quinta e sexta-feira.
 

 

Durante o evento serão apresentados resultados de diversas investigações do IPR, com a participação de prestigiados reumatologistas mundiais que com o instituto colaboram.
 

 

MNI - Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.