Primeira Jornada Mundial contra a dor

Organização Mundial Saúde associa-se à iniciativa

10 outubro 2004
  |  Partilhar:

 O tratamento da dor e os cuidados paliativos fazem parte integrante do direito a gozar uma boa saúde, sublinha a Organização Mundial de Saúde (OMS) que co-patrocina esta segunda- feira a primeira jornada mundial contra a dor.«É principalmente nos países com menores rendimentos e recursos, onde as doenças crónicas como o cancro e a Sida ganham terreno, que os doentes não têm tratamento anti-dor», explica Catherine Le Galès-Camus, responsável pelo grupo de doenças não transmissíveis e saúde mental. «Os meios de saúde limitados não podem ser usados para negar aos doentes e às suas famílias o acesso a este tratamento», disse.A Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) e a Federação Europeia das Secções Locais da IASP (EFIC) estão a organizar esta primeira Jornada Mundial, em Genebra, onde os representantes da OMS se juntam aos especialistas neste tipo de tratamento da dor crónica.Esta conferência coincide com a publicação das novas recomendações do Conselho da Europa sobre cuidados paliativos.Segundo a IASP e a EFIC, uma em cada cinco pessoas sofre de dores crónicas moderadas a fortes e a dor torna uma em cada três pessoas incapaz de levar uma vida independente. Uma em cada quatro pessoas diz ainda que a dor perturba ou destrói as suas relações com a família e os amigos.Está comprovado que a morfina pela via oral tem uma boa relação custo-eficácia para o tratamento da dor moderada a forte nos doentes de cancro e pessoas com HIV/sida, frisa a OMS num comunicado. Todavia, estes analgésicos não estão disponíveis para todos, especialmente nos países em desenvolvimento, devido ao desconhecimento do seu uso médico, das restrições regulamentares e do seu preço.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.