Primeira Base de Dados de Gastrenterologia em Portugal

Arranque marcado para o final de 2007

07 maio 2007
  |  Partilhar:

 

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) vai arrancar no final do ano com o funcionamento da primeira base de dados sobre doenças do foro gastroenterológico para colmatar a falta de informação que existe a nível nacional.
 

 

Com o objectivo de conhecer a realidade nacional e preencher a lacuna que existe ao nível de registos epidemiológicos e investigações clínicas multicêntricas, o CEREGA (estrutura ligada e subordinada à SPG) surge como centro de colheita de dados que irá tratar toda a informação sobre as doenças do tubo digestivo, fígado, pâncreas e vias biliares em Portugal.
 

 

O papel do CEREGA passa também por facilitar e apoiar o estudo das doenças do foro gastroenterológico e hepato-biliar e sensibilizar as entidades de saúde para, em conjunto, uniformizar os diferentes critérios dos Serviços de Gastrenterologia e compatibilizá-los com as recomendações internacionais.
 

 

Vão ser tratados dados epidemiológicos descritivos, tais como: incidência, prevalência, mortalidade, sobrevivência e características clínicas e laboratoriais das doenças, por forma a que as comunidades civil e médica fiquem mais bem esclarecidas.
 

 

Segundo o Professor Carlos Sofia, Presidente da SPG, “o CEREGA quer estar ao serviço da comunidade, ao tornar os dados sobre estas doenças do domínio público. Queremos ser dinamizadores e coordenadores de grandes projectos de investigação clínica de base multicêntrica”.
 

 

MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.