Prevalência da Doença Arterial Periférica

Rastreio vai percorrer Portugal

13 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

A Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular vai percorrer os 18 distritos do país numa campanha que visa criar o primeiro registo nacional da Doença Arterial Periférica (DAP) e saber qual a prevalência desta patologia em Portugal.
 

 

O objectivo é conhecer melhor a incidência desta doença, que “causa lesões nas artérias e pode levar, em casos mais graves, à amputação dos membros inferiores e à morte por Enfarte do Miocárdio ou AVC”, diz em comunicado a Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV).
 

 

O rastreio, que terá início dia 17 de Fevereiro, em Setúbal, e terminará em Lisboa, em Abril, “vai ser feito em locais de fácil acesso como praças públicas, onde estará uma tenda a que as pessoas podem dirigir-se para que lhes meçam a pressão nos membros inferiores, para além de outros indicadores”, explicou José Daniel Menezes, especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular.
 

 

A Doença Arterial Periférica caracteriza-se por uma diminuição do fluxo sanguíneo nos membros superiores e inferiores, devido a obstruções existentes nas artérias.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.