Preservativos falsificados com embalagem semelhante à da Control

Alerta do INFARMED

13 maio 2010
  |  Partilhar:

Embora ainda não tenham sido encontrados à venda em Portugal, existem no mercado mundial preservativos falsificados com uma embalagem semelhante à da marca Control que podem colocar em causa a “segurança” e a “qualidade” do produto, alerta o INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento) no seu sítio oficial.

 

Os preservativos falsificados, que têm a designação “Controle Pur, Plaisir”, foram detectados no mercado marroquino e apresentam uma embalagem semelhante à dos preservativos da marca Control, do fabricante Tecnilatex, distribuídos em Portugal pela empresa Artsana Portugal.

 

A Autoridade Nacional de Medicamento indica que, na embalagem destes preservativos, não é identificado o fabricante e as instruções de utilização ostentam a marcação CE 0120, enquanto os da marca Control têm a marcação CE 0086.

 

Caso seja detectada a sua comercialização no mercado, a autoridade do medicamento pede que seja contactada a Direcção de Produtos de Saúde do INFARMED.

 

O INFARMED anunciou também a “suspensão imediata” da comercialização e retirada do mercado nacional de produtos cosméticos para os cabelos de diversas gamas da marca Lifetex - Wella, fabricados por Wella AG e colocados no mercado português pela Procter & Gamble Portugal, por conterem o ingrediente “PABA”, cuja utilização está proibida em produtos cosméticos e de higiene corporal. A Autoridade Nacional do Medicamento adverte os profissionais do sector e os consumidores que tenham adquirido ou que estejam a utilizar estes produtos para não os usarem e para comunicaram essa situação ao INFARMED.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.