Prescrições digitais reduzem erros médicos

Estudo publicado na "Health Services Research"

03 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um estudo norte-americano revela que as receitas incorrectas ou com letra ilegível provocam mais de metade dos erros de medicação nos hospitais.
 

 

Um estudo divulgado no jornal "Health Services Research" conclui que 61% dos erros com a medicação nos hospitais norte-americanos ocorrem devido a receitas médicas incorrectas ou escritas com uma letra ilegível.
 

 

O estudo pretendia avaliar a eficácia dos sistemas de prescrição médica digitais comparativamente às receitas médicas manuais e foi realizado por Tatyana Shamliyam e Robert Kane, da University of Minnesota School of Public Health.
 

 

Comparando os erros de medicação de prescrições passadas por médicos do hospital e prescrições digitais, concluiu-se que o número total de erros de receitas médicas diminuía 66% nas receitas digitais e que os erros de dosagem da medicação eram reduzidos em 43%. De destacar ainda que existia uma redução de 37% dos casos nos quais os doentes são prejudicados.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.