Prescrição clínica: 14 médicos sob investigação

Relatório da Inspecção-Geral da Saúde

19 janeiro 2007
  |  Partilhar:

 

O Ministério da Saúde já recebeu o relatório da Inspecção-Geral da Saúde sobre a forma como os médicos passam receitas e enviou-o para o INFARMED e para a Ordem dos Médicos (OM).
 

 

De acordo com aquele relatório, divulgado pela TVI, vão ser analisadas agora as receitas de 14 médicos para averiguar se a medicação recomendada é ou não a adequada à patologia dos doentes.
 

 

O médico que passou receitas de maior valor por dia é de Aveiro, chegando os medicamentos prescritos a totalizarem 4.500 euros diários. Em média, passa diariamente 95 receitas - número que não é um recorde pois, em 2005, foi ultrapassado por um clínico de Santarém. A investigação concluiu também que os hospitais não controlam as receitas médicas.
 

 

Os médicos muitas vezes ignoram os genéricos e receitam medicamentos mais caros, mas isso não tem qualquer ligação com as promoções de laboratórios farmacêuticos que sugerem aos médicos a participação em congressos seus, conclui o relatório.
 

 

Em reacção aos dados do relatório, Pedro Nunes, bastonário da OM admitiu expulsar da Ordem os médicos envolvidos, caso se venha a comprovar que estes se envolveram em práticas de corrupção. Pedro Nunes mostrou-se, no entanto, preocupado com o sistema de controlo de vinhetas, que considera "permeável". "Com uma máquina fotocopiadora falsificam-se vinhetas médicas e temos de ter noção de que pode haver criminalidade organizada à volta disto", sublinhou.
 

 

Fontes: Lusa e Público
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.