Prémio Sanofi de Cardiologia: inscrições estão abertas

Incentiva à investigação em Portugal

03 dezembro 2015
  |  Partilhar:
As inscrições para o Prémio Sanofi de Cardiologia, o mais antigo prémio de investigação em Portugal nesta área, estão abertas até dia 31 de dezembro.
 
De acordo com o comunicado enviado à ALERT, este prémio, com um valor pecuniário de 7.500€, é organizado pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) e pela Sanofi e tem como objetivo distinguir os trabalhos de investigação na área clínica no domínio desta especialidade.
 
Os trabalhos a concurso devem, obrigatoriamente, ter sido apresentados no Congresso Português de Cardiologia ou numa das Reuniões ou Jornadas promovidas pela SPC, no Congresso Anual da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC, sigla em inglês) ou numa das reuniões ou Jornadas promovidas pela ESC, na reunião anual do “American College of Cardiology”, na reunião anual da “American Heart Association” ou no Congresso da “European Association for Cardiothoracic Surgery”.
 
O objetivo desta iniciativa é incentivar o espírito de investigação nos cardiologistas portugueses. O trabalho premiado deverá ter sido realizado em instituições nacionais e os autores dos trabalhos concorrentes terão de ser maioritariamente nacionais. O primeiro autor terá de ter nacionalidade portuguesa e ser Cardiologista ou Interno de Cardiologia.
 
De acordo com o diretor-geral da Sanofi Portugal, Fernando Sampaio, “este é o Prémio de investigação mais antigo da Sociedade Portuguesa de Cardiologia e a Sanofi continua a apoiá-lo porque o incentivo à investigação em Portugal é um dos pilares da nossa atividade. Acreditamos que o nosso desígnio de contribuir para a sustentabilidade da Saúde em Portugal também passa por apoiarmos os projetos dos profissionais e instituições de saúde”.
 
Segundo os indicadores recentes sobre saúde apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística em 6 de abril de 2015, a principal causa de morte em Portugal em 2013 foi a patologia do aparelho circulatório, que esteve na origem de 29,5% do total de óbitos, pelo que incentivar a investigação nesta área continua a ser um compromisso de futuro.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.