Prémio Nobel da Medicina 2001 - Avanço no campo do cancro

Os comentários de Carolino Monteiro à agência Lusa

07 outubro 2001
  |  Partilhar:

Os trabalhos hoje distinguidos com o prémio Nobel da Medicina podem ter repercussões importantes no tratamento do cancro, através de medicamentos ou terapia génica, já que identificam os reguladores chave da divisão celular.
 

 

«O conhecimento destes guardiões da divisão celular vão permitir perceber a forma como uns se relacionam com outros para manter a célula sossegada ou mandá-la dividir quando é necessário», explicou, em declarações à Agência Lusa, o investigador do Instituto de Higiene e Medicina Tropical Carolino Monteiro.
 

 

O galardão foi atribuído aos cientistas britânicos Timothy Hunt, 58 anos, Paul M. Nurse, 52, e ao norte-americano Leland H. Hartwell, 62, por investigação relacionada com os reguladores chave do ciclo celular, conforme já noticiado aqui na mni.pt.
 

 

«Por vezes, existem mutações ou alterações nestes genes que fazem com que não haja um controlo da divisão celular», continuou Carolino Monteiro, acrescentando que «este é um dos mecanismos do cancro, isto é, a divisão não controlada das células».
 

 

Hartwell, Hunt e Nurse concretizaram descobertas relativas ao controlo do ciclo celular, identificando as moléculas chave que o regulam nos organismos eucariontes, o que inclui leveduras, plantas, animais e seres humanos.
 

 

Na posse de tais conhecimentos, poder-se-á intervir ao nível das células e genes deficitários, através de drogas ou terapias génicas, introduzindo novos controladores que corrijam os que funcionam mal, referiu.
 

 

«Uma célula divide-se em duas, duas em quatro, quatro em oito e por aí em diante, mas elas não se podem dividir de qualquer forma, mas sim obedecendo às necessidades do próprio organismo a que pertencem», exemplificou o geneticista.
 

 

«Só assim se explica que as células de um embrião sejam capazes de originar órgãos e membros diferentes», indicou.
 

 

As descobertas hoje premiadas têm um grande impacto em todos os aspectos do crescimento das células, já que qualquer defeito no controlo do ciclo celular pode desencadear alterações cromossómicas identificadas em células cancerígenas.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.