Prémio Crioestaminal para investigação sobre divisão celular

Trabalho liderado por Hélder Maiato

27 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

O Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica distingue este ano um projecto que recorre a uma técnica inovadora - a microcirurgia a laser realizada no interior das células. Possivelmente, será capaz de abrir caminhos para o tratamento do Cancro.
 

 

A investigação liderada pelo portuense Hélder Maiato, de 30 anos, do Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto (IBMC), foi seleccionada entre 58 concorrentes por um júri internacional. O galardão, no valor de 20 mil euros, será entregue quinta-feira, pela Associação Viver a Ciência.
 

 

O principal objectivo de Hélder Maiato é identificar as principais forças moleculares que regem a divisão celular - um processo chamado mitose, que permite à célula-mãe transmitir, através dos cromossomas, a sua informação genética para as filhas. Isto só é possível porque os cromossomas encerram em si, numa versão compactada e com cópias de segurança, todas as informações do ADN. Quando chega o momento da divisão, os cromossomas alinham-se no centro da célula e iniciam um curioso bailado, que dá origem a duas células filha.
 

 

Com a ajuda do equipamento de microcirurgia a laser, a equipa do IBMC pretende identificar as moléculas que influenciam a formação e o funcionamento da maquinaria da divisão celular.
 

 

Fontes: Lusa e Público
 

MNI- Médicos na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.