Prémio Câmara Pestana entregue esta semana

Estudo do Instituto de Tecnologia Química e Biológica

20 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

O Prémio Câmara Pestana foi entregue esta semana a uma equipa do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB) da Universidade de Lisboa, pelo trabalho «Biosynthetic Pathways of Inositol and Glycerol Phosphodiesters Used by the hyperthermophile Archaeoglobus fulgidus in Stress Adaptation».
 

 

A equipa, liderada Helena Santos, contou com a participação dos investigadores Nuno Borges, Luís G. Gonçalves, Marta V. Rodrigues, Filipa Siopa, Rita Ventura, Christopher Maycock e Pedro Lamosa.
 

Este trabalho de investigação esclareceu as vias biossintéticas de três novos solutos encontrados em micróbios hipertermófilos, isto é, organismos capazes de crescer optimamente a temperaturas próximas de 100º C.
 

 

Esta descoberta é essencial para permitir o desenvolvimento de processos industriais para a produção em larga escala destes solutos, viabilizando assim a sua utilização num grande número de aplicações que vão desde a cosmética, preservação de vacinas, estabilização de “kits” de diagnóstico, criopreservação de células e tecidos e inibição de placas amilóides associadas a doenças neurodegenerativas.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.