Prémio Câmara Pestana 2002

Galardão vai para estudo sobre indivíduos assintomáticos infectados pelo VIH-2

15 novembro 2004
  |  Partilhar:

 

 

 

«Indivíduos assintomáticos infectados pelo VIH-2: evidências para a existência de populações virais não utilizadoras dos principais co-receptores e com reduzida capacidade infecciosa in vitro» é o trabalho galardoado com o Prémio Câmara Pestana 2002 que hoje vai ser entregue, em Lisboa, aos investigadores Quirina Santos Costa, K Mansinho, J. Moniz Pereira e J. M. Azevedo Pereira.
 

 

A Sindroma de Imunodeficiência Adquirida (SIDA) foi inicialmente identificada em 1981. Apesar de terem passado mais de duas décadas, ainda não foi encontrada uma terapêutica eficaz capaz de eliminar o vírus do hospedeiro infectado, nem de, através de estratégias de imunização activa, prevenir eficazmente a infecção pelo VIH.
 

 

Neste trabalho foram estudados vários indivíduos infectados pelo VIH-2, mas assintomáticos, dos quais foram isoladas estirpes virais que não usam as moléculas CCR5 ou o CXCR4 (ou co-receptores) descritas como imprescindíveis para a entrada do vírus nas células linfocíticas humanas, e que demonstraram ter uma menor capacidade infecciosa e citopática, quando comparados com outros VIH-2. Estes dados permitem abrir novas perspectivas na compreensão das interacções iniciais vírus-célula e com o melhor conhecimento dos determinantes genéticos envolvidos na menor virulência destes vírus, permite a longo prazo o desenvolvimento de vacinas terapêuticas e/ou profilácticas eficazes.
 

 

Autores:
 

 

Quirina dos Santos Costa, aluna de doutoramento na Unidade dos Retrovírus e Infecções Associadas (URIA) do Centro de Patogénese Molecular (CPM), Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.
 

 

Kamal Mansinho, Director do Serviço de Infecciologia e Medicina Tropical do HEMSA, Serviço de Doenças Infecto-Contagiosas, Hospital Egas Moniz.
 

 

José Moniz Pereira, coordenador da Unidade dos Retrovírus e Infecções Associadas (URIA) do Centro de Patogénese Molecular (CPM), Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.
 

 

José Miguel Azevedo Pereira, coordenador deste projecto na Unidade dos Retrovírus e Infecções Associadas (URIA) do Centro de Patogénese Molecular (CPM), Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.
 

 

 

MNI-Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.