Preço de medicamentos sem receita médica baixou

INFARMED contesta estudo da DECO

28 setembro 2006
  |  Partilhar:

 

Numa resposta indirecta ao estudo da revista Teste Saúde, da Deco - que concluiu que o preço dos medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM) subiu em média 2,8%-, o Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED) garantiu esta semana que, globalmente, o preço dos medicamentos vendidos fora das farmácias baixou 1,3%.
 

 

Considerando apenas os dez mais vendidos, estes apresentam mesmo, em média, um preço 4% inferior ao que tinham antes da entrada em vigor da comercialização de MNSRM fora das farmácias, de acordo com o último relatório do INFARMED.
 

 

Numa nota enviada à imprensa, o instituto salienta que os seus dados são os "mais completos que se conhecem em Portugal", uma vez que incidem sobre todos os MNSRM vendidos fora das farmácias.
 

 

Fonte: Público
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.