Pouco bem-estar em Portugal

Valores são mais baixos que noutros países

19 maio 2004
  |  Partilhar:

 Os valores do bem-estar em Portugal são muito mais baixos do que os que se observam noutros países europeus. Tal como acontece nos estados menos desenvolvidos da Europa, são os mais jovens os que se sentem mais felizes e satisfeitos. Estas são algumas das conclusões de uma análise feita a partir dos resultados do European Social Survey (ESS) por Maria Luísa Lima e Rosa Novo - respectivamente do Centro de Investigação e Intervenção Social do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) e da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, em Lisboa. O ESS, um inquérito que, para já, abrangeu 20 países, tem como grande objectivo avaliar as mudanças que ao longo do tempo ocorrem nas atitudes, percepções e padrões de comportamento dos europeus. Os resultados em bruto daquela que é considerada a mais rigorosa sondagem do género foram tornados públicos no final do ano passado. De então para cá, investigadores portugueses têm vindo a analisar a imensidão de dados produzidos, que cobrem áreas tão distintas como a cidadania, atitudes, família, imigração, bem-estar e valores, para dar apenas alguns exemplos. Hoje, no ISCTE, em Lisboa, são apresentadas e discutidas algumas conclusões. Leia tudo no Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.