Postos de medicamentos vão ser transformados em postos móveis

Movimento de farmácias contra a mudança

13 janeiro 2003
  |  Partilhar:

Representantes de 150 farmácias e 300 juntas de freguesia de todo o país reuniram-se no sábado, em Fátima, para adoptar medidas contra o despacho que prevê a transformação dos postos de medicamentos em postos farmacêuticos móveis.
 

 

Em declarações à Lusa, António Carvalho Mendes, líder do «Movimento do Caramulo», denominou o despacho do secretário de Estado da Saúde de «ridículo», «sem sentido», tudo porque, adianta, «nem permite ter nos postos farmacêuticos móveis uma caixa de medicamentos para uma emergência».
 

 

Para o movimento, o encerramento dos postos de medicamentos, previsto para 22 de Outubro passado, iria trazer graves prejuízos às populações do interior do país, que muitas vezes não têm condições para se deslocar a uma farmácia.
 

 

No entanto, o prazo para encerramento dos postos de medicamentos foi prorrogado por um ano, devendo estes converterem- se em postos farmacêuticos móveis, cujo modo de funcionamento está definido no despacho do secretário de Estado da Saúde.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.