Portugueses têm uma percepção do seu estado de saúde mais negativa do que os espanhóis

Dados dos Institutos Nacionais de Estatística

26 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

Os portugueses têm uma percepção do seu estado de saúde mais negativa do que os espanhóis, segundo dados dos Institutos Nacionais de Estatística dos dois países.
 

 

Pelo quarto ano consecutivo, os dois institutos apresentam a publicação "A Península Ibérica em números 2007", com os principais indicadores de caracterização dos dois países ibéricos, inserindo-os no espaço mais vasto da União Europeia a que ambos pertencem.
 

 

De acordo com a publicação, em 2004, um em cada quatro portugueses (25%) considerava "mau" o seu estado de saúde, enquanto apenas 7% dos espanhóis tinha essa percepção em relação à sua própria saúde. Quanto aos hábitos tabágicos, os dados indicam que há mais fumadores diários em Espanha do que em Portugal e que as espanholas fumam substancialmente mais do que as portuguesas.
 

 

Em 2005, as principais causas de morte em Portugal foram as doenças cérebro-vasculares e as doenças isquémicas do coração, enquanto em Espanha, embora as causas sejam as mesmas, a ordem é inversa.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar