Portugueses não são infelizes...

«The Economist» coloca o país em 19.o em satisfação da população

23 novembro 2004
  |  Partilhar:

Está, em geral, muito satisfeito, mais ou menos satisfeito, não muito satisfeito ou nada satisfeito com a vida que leva? Se é português, pense bem antes de responder: a revista britânica The Economist colocou esta questão numa sondagem efectuada em 111 países, e a conclusão é que, mal-grado a fama de pobre, macambúzio e lamuriento, o rectângulo lusitano surge em 19.o lugar no índice de qualidade de vida. Bem à frente da França (25.o), da Alemanha (26.o) e do Reino Unido (29.o), acima da Áustria (18.o) e só seis lugares abaixo dos EUA . Acima estão a Espanha (10.o) , a Itália (8.o) , a Noruega (3.o) e a Suíça (2.o), mas também Singapura (11.o) e a Nova Zelândia (15.o). No topo da lista vem a miraculosa Irlanda, anunciada como «o melhor país do mundo» e «o melhor lugar para viver em 2005». Porque, explica o The Economist, combina, com sucesso, «modernidade» - o quarto mais elevado PIB per capita do mundo, um nível baixo de desemprego e liberdades políticas - e tradição - «fa-mílias estáveis» e «vida comunitária» -, para além de «segurança» e «estabilidade política». Qualidades que ofuscam um clima menos bom e a «desigualdade de género» (traduzindo, discriminação das mulheres), que ali se verificam.Para o grupo - Economist Intelligence Unit - que leva a cabo o estudo, publicado em The World in 2005 (O mundo em 2005), um número especial, os nove factores determinantes da qualidade de vida são: bem-estar material; saúde; relações familiares; segurança laboral; actividades sociais e comunitárias; liberdade política e segurança; igualdade de género. A valoração destes factores, porém, não é igual: a liberdade política tem a majoração mais alta, seguida da saúde. Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.