Portugueses gastaram 71 milhões de euros em taxas moderadoras

Dados do Ministério da Saúde referentes a 2007

20 abril 2008
  |  Partilhar:

Os portugueses gastaram no ano passado 71,14 milhões de euros em taxas moderadoras, das quais mais de dois milhões nas novas taxas de internamento, que entraram em vigor em Abril desse ano, revelam dados do Ministério da Saúde.
 

 

As taxas de internamento, tal como as de Cirurgia de Ambulatório, entraram em vigor a 1 de Abril de 2007. Nesse ano, o valor cobrado foi de cinco euros por dia de Internamento (até um limite de dez dias) e de dez euros por Cirurgia de Ambulatório.
 

 

Estes valores foram, entretanto, actualizados, situando-se nos 5,10 euros por dia de Internamento e nos 10,20 euros por Cirurgia de Ambulatório.
 

 

Dados do Ministério da Saúde, a que a Lusa teve acesso, indicam que, em 2007, os portugueses gastaram 71,14 milhões de euros em taxas moderadoras. Destes, 2,42 milhões de euros foram cobrados como taxas de internamento (entre Abril e Dezembro de 2007).
 

 

As taxas moderadoras da Cirurgia de Ambulatório estão registadas e cobradas no módulo dos Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), que registaram uma cobrança de 15,94 milhões de euros no ano passado.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.