Portugueses desvendam um dos mecanismos da progressão do Cancro da Mama

Trabalho publicado no Journal of Cellular Biochemistry

14 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

Três investigadoras da Universidade do Porto (UP) concluíram que a hormona feminina progesterona parece contribuir para a progressão do Cancro da Mama por estimular a sua irrigação, através da formação de novos vasos. A descoberta vem publicada na edição electrónica da revista norte-americana Journal of Cellular Biochemistry.
 

 

Raquel Soares e Susana Guerreiro, do Departamento de Bioquímica da Faculdade de Medicina da UP, e Mónica Botelho, do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da mesma universidade (IPATIMUP), observaram que as células cancerosas, ao serem expostas à progesterona, produzem uma proteína que estimula a divisão celular.
 

 

Constataram também que essa proteína (PDGF-A) não parece agir directamente sobre as células tumorais, mas sobre o espaço que as rodeia, numa indicação de que terá efeitos sobre as células circundantes, segundo as investigadoras.
 

 

Fonte: Público
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.