Portugueses convidados a fazer rastreios sobre o seu sono

Iniciativa da Associação Portuguesa do Sono

22 março 2010
  |  Partilhar:

No Dia Mundial do Sono, que se comemorou na passada sexta-feira, os portugueses foram convidados a fazer rastreios para se informarem sobre a qualidade do seu sono.

 

Em declarações à agência Lusa, a Associação Portuguesa do Sono revela que "em poucos minutos, as pessoas que se quiserem sujeitar aos testes com validade científica ficarão a saber qual o seu grau de sonolência e se precisam ou não de pedir ajuda médica nesta área".

 

Ao longo da semana do sono, esta associação distribuiu por mais de 130 centros de saúde de todo o país milhares de brochuras sobre três patologias comuns: apneia obstrutiva do sono, narcolepsia e síndrome das pernas inquietas.

 

De acordo com a associação, em 2005 um terço da população portuguesa tinha problemas com o sono, vivendo com sonolência excessiva.

 

Segundo Teresa Paiva, especialista das doenças do sono, vários estudos feitos com jovens têm revelado "problemas graves" do sono que terão consequências como obesidade, hipertensão, diabetes, insónias ou depressões.

 

"Uma criança que não durma bem ou um adolescente que não durma o suficiente tem um risco acrescido de obesidade, hipertensão, diabetes e tem piores sucessos escolares. Têm um risco acrescido de insónias e de depressão e isso são coisas terríveis para uma criança ou um adolescente", sublinhou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.