Portugal vota contra investigação em células estaminais

Proposta europeia analisada em Bruxelas

23 setembro 2003
  |  Partilhar:

A discussão sobre a investigação em células estaminais, no seio do Conselho de Ministros para a Competitividade, que decorreu segunda-feira em Bruxelas, tornou clara a divisão dos países da União Europeia sobre a investigação com embriões. Portugal alinhou pela posição dos países com legislação mais apertada, opondo-se sem condições à proposta apresentada em Julho por Philippe Busquin, comissário europeu para a Investigação, para que a União Europeia passasse a financiar experiências sobre células estaminais.
 

 

José Pinto Paixão, secretário de Estado adjunto do ministro da Ciência, que representou o Governo português na reunião de Bruxelas, adverte que o facto de Portugal ter ficado ao lado do não ao financiamento europeu para a investigação de células estaminais não evidencia obrigatoriamente que a lei em preparação, que regulamentará a nível nacional a prática, venha a proibir qualquer tipo de trabalho nesta área.
 

 

Leia tudo no: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.