Portugal privilegia saúde mental, mas ainda não é exemplo, diz ministra
14 maio 2001
  |  Partilhar:

Portugal "não é exemplar" ao nível da saúde mental, reconheceu a ministra da Saúde em Genebra, onde se deslocou para participar na 54ª Assembleia Mundial da Organização Mundial de Saúde (OMS), a decorrer desde ontem.
 

 

Por esta razão, a saúde mental foi a área que Portugal decidiu privilegiar na Assembleia da OMS, a decorrer até dia 22 em Genebra, afirmou Manuela Arcanjo.
 

 

A governante admitiu que Portugal ainda não é exemplar mas adiantou que os serviços estão a ser reorganizados no sentido de lutar contra a exclusão das pessoas com problemas de saúde mental.
 

 

A Assembleia Mundial da OMS vai discutir também a estratégia sobre a alimentação infantil, o reforço dos sistemas de saúde, luta contra a Sida e os efeitos do urânio empobrecido sobre a saúde.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.