Portugal não regista casos de pneumonia atípica

Análises a casal suspeito deram «negativo»

19 maio 2003
  |  Partilhar:

As análises de despistagem da pneumonia atípica realizadas pelo Instituto Ricardo Jorge ao casal internado no Hospital Curry Cabral deram resultado «negativo», afirmou segunda-feira à Agência Lusa fonte oficial.
 

 

Um casal de emigrantes portugueses provenientes de Toronto deslocou-se domingo à urgência do Hospital Distrital do Montijo, com sintomas semelhantes aos provocados pela Síndroma Respiratória Aguda (SRA), vulgarmente designada por pneumonia atípica.
 

 

Como chegaram há poucos dias do Canadá (o país ocidental mais afectado pela doença), foram activados os mecanismos de suspeita de pneumonia atípica e o casal foi transferido para Lisboa e sujeito a análises de despiste.
 

 

O Hospital do Montijo foi encerrado para desinfecção, tendo reaberto ontem pela manhã. A pneumonia atípica, cientificamente designada por Síndroma Respiratória Aguda, foi descoberta em Novembro do ano passado no Sul da China e já causou 623 mortos, com mais de 7.700 casos de infecção em cerca de 30 países. Febres superiores a 38 graus, tosse e dificuldades respiratórias são os principais sintomas daquela doença.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.