Portugal não está preparado para um grande surto de febre aftosa
08 novembro 2003
  |  Partilhar:

Portugal não está preparado para enfrentar um grande surto de doenças como a febre aftosa, devido à ausência de planificação e de prevenção das autoridades nacionais, indica um relatório da Comissão Europeia.O documento, divulgado quinta-feira em Bruxelas, é o resultado de uma inspecção veterinária feita ao país em Julho passado, durante a qual os técnicos comunitários detectaram falhas nos planos de contingência feitos pelas autoridades portuguesas.Os técnicos comunitários visitaram mercados, quintas e matadouros, tendo detectado deficiências na prevenção e erradicação das doenças, de que também é exemplo a peste suína.As autoridades comunitárias recomendam a Portugal que efectue "com urgência" um plano de contingência que prepare o país para surtos de doenças de grandes proporções e que melhore a comunicação entre os serviços locais, regionais e nacionais.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.