Portugal é o melhor da Europa na área da e-saúde

Dados do Índice Europeu do Consumidor dos Serviços de Saúde

12 outubro 2009
  |  Partilhar:

Portugal atingiu a pontuação mais elevada da Europa, “equiparando-se aos países mais ricos”, no item que avalia a introdução de ferramentas de suporte electrónico, segundo os dados de 2009 do Euro Health Consumer Index (Índice Europeu do Consumidor dos Serviços de Saúde – EHCI).

 

Em seis categorias, que abrangem 38 indicadores de desempenho, Portugal obteve 632 pontos, num total possível de mil, colocando-o em 21º lugar de entre um total de 33 países.

 

A nota enviada à imprensa por Bruxelas revela que, apesar de “em termos gerais, Portugal apresentar um desempenho fraco nos (itens) ‘Acesso’ e nos ‘Tempos de Espera’” apresenta, contudo, “um desempenho muito bom quanto à introdução de ferramentas de suporte electrónico, como sejam a marcação de consultas online e a informação clínica aos doentes, em que Portugal, de facto, atinge a pontuação mais elevada da Europa”.

 

Para Arne Björnberg, directora do EHCI, “desde o início do estudo comparativo, em 2006, que Portugal tem sido afectado por problemas no acesso e tempos de espera aos cuidados de saúde”.

 

“Todavia, é fascinante observar que Portugal tem sido capaz de ultrapassar os países mais ricos da Europa Ocidental através do uso estratégico de tecnologias de informação para melhorar o acesso e a prestação de cuidados de saúde”.

 

Em termos de liderança do EHCI, a Holanda ocupa o primeiro lugar pelo segundo ano consecutivo, totalizando 875 pontos, seguida da Dinamarca (819), da recém-chegada Islândia (811) e da Áustria (795).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.