Portugal e Argélia assinam protocolo de cooperação sobre medicamentos

A segurança e o combate à contrafacção são os grandes objectivos

12 junho 2006
  |  Partilhar:

As autoridades portuguesas e argelinas vão colaborar nas áreas da segurança dos medicamentos e no combate à contrafacção, de acordo com um protocolo ontem assinado em Argel.O protocolo foi assinado pelo Infarmed - Instituto da Farmácia e do Medicamento, pelo lado português, e pelo Laboratório Nacional de Controlo de produtos farmacêuticos (LNCPP), pelo lado argelino.O documento foi assinado após um encontro realizado em Argel sobre a cooperação entre os dois países na área da indústria farmacêutica, especialmente consagrado à questão da segurança do medicamento e luta contra a contrafacção.Portugal apresentou aos responsáveis argelinos o projecto PharmaPortugal, o resultado de uma acção conjunta Infarmed, Icep (Instituto do Comércio Externo) e Apifarma (Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica) e que se destina a internacionalizar a imagem do sector da indústria farmacêutica portuguesa.Os dois países vão colaborar num projecto segundo o qual, diz o acordo, se pretende reunir valores que são considerados indispensáveis para a regularização e funcionamento do circuito do medicamento, procurando criar na Argélia uma política que prestigie o sector, no respeito pela qualidade, eficácia e segurança dos medicamentos.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.