Portugal desenvolve estudo inédito sobre recurso ao aborto
25 abril 2001
  |  Partilhar:

Um estudo inédito sobre o recurso ao aborto está ser desenvolvido em Portugal para apurar as condições em que este é feito e os apoios que são dados às mulheres que optam por esta via.
 

 

Este estudo – uma iniciativa do Grupo de Consumidores Europeus – vai ter dificuldades acrescidas uma vez que o aborto é proibido em Portugal.
 

 

O responsável pelo projecto, Carlos Morgado, da DECO/Proteste, adiantou que estão a ser distribuídos inquéritos, até Agosto, através de instituições como a associação para o Planeamento da Família e outras organizações de mulheres, sindicatos de médicos e enfermeiros.
 

 

Estes inquéritos – que abrangem apenas mulheres que tenham feito abortos nos últimos três anos – pretendem apurar, entre outras questões, os locais onde foram efectuados, a atitude dos profissionais que realizaram esta intervenção, as técnicas utilizadas e o acompanhamento prestado.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.