Portugal campeão da UE em número de toxicodependentes...

... e na incidência de SIDA entre Consumidores de Droga Injectável

02 outubro 2002
  |  Partilhar:

Portugal, com 60 a 80 mil casos, é o país da União Europeia (UE) com maior número de toxicodependentes e com a mais elevada incidência de casos de SIDA entre Consumidores de Droga Injectável (CDI).
 

 

No que respeita ao número de toxicodependentes, Portugal partilha o topo da tabela com a Itália, Luxemburgo e Reino Unido, enquanto no que toca à prevalência de HIV entre os Consumidores de Droga Injectável (CDI) mantém o segundo lugar da tabela, atrás da Espanha.
 

 

Estas são algumas das conclusões do Relatório Anual sobre a Evolução do Fenómeno da Droga na UE e na Noruega, que o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) divulgou hoje em Bruxelas.
 

 

No que se refere ao consumo problemático de drogas (consumo de drogas injectáveis ou uso prolongado/regular de opiáceos, cocaína ou anfetaminas - situação de toxicodependência), as estimativas europeias variam entre 2 e 10 casos por cada mil cidadãos com idades compreendidas entre os 15 e os 64 anos.
 

 

Estudos citados pelo OEDT referem uma prevalência anual de SIDA entre os CDI (recrutados para tratamento em ambiente de trabalho e, sobretudo, fora deste) superior a 25% em Lisboa, Barcelona, Madrid, Sevilha, Amesterdão e Dundee, na Escócia.
 

 

A prevalência era também superior a 25% entre CDI submetidos a testes de rotina no tratamento da toxicodependência nalgumas regiões italianas, em França (CDI com mais de 34 anos), em Lisboa, no Porto e em Espanha.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.