Porque razão o ácido azelaico funciona no tratamento da rosácea e da acne?

Estudo publicado na revista "Experimental Dermatology"

11 fevereiro 2011
  |  Partilhar:

Um novo estudo publicado na revista "Experimental Dermatology" explica a razão pela qual o ácido azelaico é eficaz no tratamento da rosácea e da acne. Já se sabia que este composto era eficaz no tratamento destas patologias mas, só agora os investigadores perceberam como este modula a resposta inflamatória nos queratinócitos humanos.

 

A rosácea é uma doença cutânea crónica que afecta sobretudo a zona central da face sendo caracterizada por vermelhidão, eritema permanente, e erupção de pústulas e abcessos. Apesar da sua patogénese ainda não estar esclarecida vários factores parecem contribuir para o seu desenvolvimento, como a radiação ultravioleta.

 

Neste estudo os investigadores do Instituto de dermatologia de San Gallicano, em Roma, Itália, trataram queratinócitos humanos com ácido azelaico para testar se este composto reduzia os efeitos inflamatórios da radiação UV (ultra-violeta) através da sua interacção com certas moléculas envolvidas nas vias inflamatórias e com os seus mediadores.

 

O estudo constatou que o ácido azelaico apresentava um efeito supressor na secreção induzida pela radiação UV e na expressão do ARN (ácido ribonucleico) mensageiro de várias citoquinas (IL-1, IL-6 e TNF-alfa), que têm um papel muito importante na chamada de certa células imunes durante a inflamação, como linfócitos, macrófagos e neutrófilos. Estes dados indicam que esta inibição da síntese de citoquinas pode ser em parte devida à supressão da activação de um factor de transcrição (NF-kB) induzida pela radiação UV.

 

Além disso, num estudo ainda em fase experimental, foi verificado que o ácido azelaico induziu a expressão de uma molécula de sinalização anti-inflamatória conhecida por controlar a produção de citocinas e reduzir a inflamação.

 

A líder do estudo, Arianna Mastrofrancesco, explica que, “temos evidências de um novo mecanismo, através do qual o ácido azelaico poderá exercer a sua acção anti-inflamatória observada no tratamento de pacientes com rosácea.” Concluindo que, “este estudo fornece mais informações sobre os mecanismos de acção do ácido azelaico na redução da resposta inflamatória, e reforça a utilização destes composto no tratamento de doenças inflamatórias da pele, como a rosácea”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Classificações: 3Média: 4.3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.