Porque está o coração do lado esquerdo e o fígado do direito?

Cálcio é quem decide, refere novo estudo

09 janeiro 2004
  |  Partilhar:

A localização do coração sempre no lado esquerdo e do fígado no lado direito do corpo é influenciada na fase embrionária pelo ião cálcio, segundo uma pesquisa em que dois grupos de investigação do Instituto Gulbenkian de Oeiras colaboraram com outro cientista, do Salk Institute, da Califórnia.A edição de ontem da revista «Nature» publica os resultados de um estudo que explica a posição simétrica ou assimétrica de órgãos vitais. Joaquín Rodriguez-León, do Laboratório de Organogénese, e José Feijó, do Laboratório de Desenvolvimento de Plantas, também do Instituto Gulbenkian de Ciência, tiveram a seu cargo a visualização do cálcio em embriões de pinto, utilizando técnicas de microscopia ultra sofisticadas, e fizeram experiências subtraindo ou acrescentando cálcio no meio de desenvolvimento do embrião. O ião cálcio, presente no sangue e tecidos moles, é uma partícula com carga eléctrica que, entre outras funções, contribui para o funcionamento dos músculos e para a coagulação do sangue. Na investigação agora divulgada, os investigadores demonstraram que a acumulação do ião cálcio existente fora das células do embrião cria condições ambientais propícias para que alguns genes sejam aí «ligados», iniciando um processo que desemboca na polarização do embrião e distribuição esquerda-direita dos órgãos. A abolição artificial do ião cálcio pode, por exemplo, levar à orientação invertida do coração.Fonte: Jornal de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.