Poluição urbana está a tornar os pólenes cada vez mais agressivos

Aviso do presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia

23 março 2011
  |  Partilhar:

A poluição dos meios urbanos está a tornar os pólenes mais agressivos, uma das principais razões por que a população das cidades sofre cada vez mais cedo e com mais intensidade os sintomas das alergias na chegada da primavera.

 

Em entrevista à agência Lusa, o presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia (SPA), Mário Morais de Almeida, explicou que “em cada década as alergias aumentam de 10 a 20%”, sendo que além de serem cada vez mais frequentes são cada vez mais graves por causa da pressão do ambiente. “Ao interagir com a poluição automóvel, os pólenes tornam-se mais agressivos.O mesmo pólen em meio urbano é mais agressivo porque se altera o seu formato e o seu nível de agressão”, especificou o especialista.

 

Actualmente quase um milhão de portugueses sofre de asma e dois milhões de rinite alérgica, revelou o especialista só para citar dois dos tipos de alergia mais frequentes, embora tenha referido outras como a alergia aos ácaros ou as alergias atópicas de pele. “As alterações climáticas fazem com que as plantas cada vez polinizem mais cedo. Estamos a fazer essa medição há muitos anos e verificamos que nos últimos anos a concentração dos pólenes é elevadíssima”, afirmou o presidente da SPA.

 

Isto explica o aparecimento de cada vez mais crianças com alergias e, pensando apenas na dos pólenes, cada vez mais cedo, em idade pré-escolar, com dois ou três anos, acrescentou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.