Poluição ultrapassa níveis normais em Santiago do Cacém e Sines

Calor promove subida de ozono

19 junho 2003
  |  Partilhar:

Os concelhos de Santiago do Cacém e Sines registaram quinta-feira à tarde uma concentração de ozono superior ao habitual, que pode ter efeitos nocivos, embora ligeiros, na saúde de idosos, crianças e asmáticos.
 

 

O ozono é um poderoso oxidante, que pode provocar dificuldades respiratórias e irritações nos olhos, nariz e garganta, particularmente em grupos sensíveis, e é apontado como um dos maiores responsáveis por perdas agrícolas e danos na vegetação.
 

 

De acordo com um comunicado enviado quinta-feira pelas autoridades ambientais, a partir das 17:00 a estação de medição da qualidade do ar de Monte Chãos (Sines) registou concentrações de ozono acima de 208 microgramas por metro cúbico (mg/m3), ultrapassando o limite das 180 mg/m3, que obriga a uma informação ao público.
 

A principal razão para grandes concentrações de ozono é o tráfego automóvel.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.