Política europeia de químicos aprovada antes do fim do ano

Estudo revela que a medida evitaria por ano 90 mil doenças respiratórias e de pele

02 dezembro 2005
  |  Partilhar:

 

A adopção da política europeia de químicos, conhecida como REACH (Registo, Avaliação, Autorização e Restrição de Químicos), evitaria anualmente 50 mil casos de doenças respiratórias e 40 mil de doenças de pele, segundo um estudo britânico.
 

 

A União Europeia deverá adoptar a nova directiva sobre a indústria química, que visa pôr cobro à falta de informação sobre os impactos para a saúde e para o ambiente de mais de 90 por cento das substâncias químicas actualmente em circulação na Europa, antes do final do ano.
 

 

Um estudo encomendado à Sheffield University, pela Confederação dos Sindicatos Europeus (ETUC) sobre o impacto do REACH na saúde ocupacional, revela que a adopção desta directiva teria vários efeitos benéficos para a saúde dos trabalhadores, permitindo evitar milhares de doenças resultantes da exposição a químicos perigosos. Além de evitar anualmente 50 mil casos de doenças respiratórias e 40 mil de pele, estima-se que a prevenção destes dois tipos de doenças permitiria poupar cerca de 3,5 mil milhões de euros na Europa dos 25, ao longo de dez anos.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.