Pneumonia atípica faz disparar vendas de livros sobre o tema em Hong Kong

«A Peste», de Camus e «O Amor em Tempos de Cólera», de Garcia Marquez no topo da lista

20 abril 2003
  |  Partilhar:

A epidemia de pneumonia atípica, que já matou 88 pessoas em Hong Kong, fez disparar as vendas do livro «A Peste», de Albert Camus, que relata o pânico causado por esta praga numa cidade argelina, informa hoje a imprensa local.
 

 

Porta-vozes da associação dos livreiros afirmaram que muitos estabelecimentos esgotaram os seus exemplares do romance do escritor francês devido à forte procura da parte dos leitores.
 

 

«A Peste», publicado em França em 1947, narra as reacções dos habitantes de Oran perante uma epidemia de consequências mortais. Representantes do sector, citados pelo jornal «South China Morning Post», também sublinharam a crescente procura de todo o tipo de obras relacionadas com epidemias e pragas, tais como do romance do escritor colombiano Gabriel Garcia Marquez «O Amor em Tempos de Cólera».
 

 

Segundo a fonte, esta tendência estendeu-se também ao mercado do vídeo, onde se registou um forte interesse pelo aluguer e compra de «Fora de Controlo» (Outbreak), o filme de 1995 em que Dustin Hoffman enfrenta o vírus do Ébola.
 

 

A ex-colónia britânica, com 6,6 milhões de habitantes, converteu-se numa das zonas do mundo mais afectadas pela Sindroma Respiratória Aguda (SRA). A Síndroma Respiratória Aguda (SRA), vulgarmente designada por pneumonia atípica, é uma doença descoberta no sul da China em Novembro de 2002 cujos sintomas são febres superiores a 38 graus, tosse e dificuldades respiratórias.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.