Pneumonia atípica: casos em França e Espanha

Número de doentes continua a aumentar

15 março 2003
  |  Partilhar:

O coronavírus, o agente presumivelmente responsável pela pneumonia atípica, foi identificado em três dos cinco casos considerados «prováveis» de sofrerem desta doença em França, disse o director-geral de Saúde francês, Lucien Abenhaim.
 

 

O coronavírus é detectado por PCR, uma técnica de amplificação do material genético do vírus, o que confirma que o paciente sofre de síndroma respiratória aguda severa, também chamada de pneumonia atípica.
 

 

Os casos em que foi identificado o coronavírus são os de Bordéus, Turcoing e Estrasburgo.
 

Ao todo, no país foram registadas 316 pessoas com sinais clínicos indicativos da SRAS, que regressaram de locais onde foram assinalados casos de pneumonia atípica.
 

 

Espanha
 

 

Um homem de nacionalidade britânica foi internado no hospital de Alicante, Espanha, por apresentar sintomas da Síndroma Respiratória Aguda, mais conhecida por pneumonia atípica, informaram hoje fontes dos Serviços de Saúde espanhóis.
 

 

O paciente tinha estado recentemente durante duas horas no aeroporto de Hong Kong (China), numa escala técnica de regresso da Austrália.
 

 

Este homem, de 74 anos, encontra-se fora de perigo no hospital de Alicante desde o passado domingo, quando os médicos comprovaram que apresentava os sintomas de pneumonia atípica, com febre e problemas respiratórios.
 

 

O diagnóstico médico considera que o mais provável é que se trate de uma pneumonia de origem bacteriana, se bem que pelo momento se mantêm as medidas preventivas até que se confirme esta situação.
 

 

Na segunda-feira passada, o Ministério da Saúde anunciou o caso de outro paciente de 31 anos, em Madrid, como suspeito de sofrer a pneumonia atípica.
 

 

Este paciente tinha regressado na passada sexta-feira de uma viagem a Toronto (Canadá) e foi internado depois dos médicos comprovarem que apresentava sinais de pneumonia atípica.
 

 

Elevam-se assim a quatro os casos suspeitos de pneumonia atípica, em Espanha, embora nenhum deles tenha sido confirmado.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.