Plasma pode ter infectado milhares de ingleses

Ministro da Saúde admite risco de Doença de Creutzfeldt-Jacob

19 dezembro 2003
  |  Partilhar:

 Milhares de ingleses podem estar em risco de desenvolver a nova variante da Doença de Creutzfeldt-Jacob (DCJ) devido à contaminação por transfusão sanguínea ou por produtos derivados do plasma de dadores contaminados.A notícia foi ontem avançada pelo jornal britânico The Times, depois de o ministro da Saúde, John Reid, ter divulgado o primeiro caso mundial de possível transmissão da variante humana da doença das vacas loucas através do sangue.O diário diz agora que, além das 15 pessoas que receberam sangue de dadores que vieram posteriormente a desenvolver a doença, milhares de ingleses podem também estar em risco. Entre eles, os hemofílicos e outros pacientes a quem foram administrados produtos derivados do plasma. Nestes casos, a probabilidade é contudo muito menor.Estes produtos são conseguidos através da junção de plasma de vários dadores. Uma única doação contaminada pode ter afectado vários lotes e, consequentemente, milhares de receptores. Devido às incertezas sobre a possibilidade das pessoas serem contaminadas com a variante humana da BSE. Desde 1999 que a Grã-Bretanha importa sangue e derivados dos Estados Unidos. Todos estes casos terão ocorrido antes desta data.Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.