Plantas modificadas para produzir gorduras do tipo ómega 3

Estudo financiado pela Comissão Europeia

26 novembro 2007
  |  Partilhar:

 

Plantas geneticamente modificadas para produzir gorduras do tipo ómega 3, como as naturais do peixe azul, podem ajudar a combater doenças cardíacas, segundo resultados do estudo Lipgene, financiado pela Comissão Europeia, e no qual colaboraram 200 cientistas e economistas.
 

 

O estudo tinha por objectivo encontrar uma forma de aumentar os níveis desse tipo de gorduras na alimentação diária das pessoas. As plantas podem ser usadas para alimentar aves de aviário e, subsequentemente, aumentar a ingestão desse tipo de gorduras na dieta humana, sem ter de recorrer ao peixe, cada vez mais escasso.
 

 

Segundo Jonathan Napier, do Instituto de Investigação Rothamsted Hertfordshire (Inglaterra), a única maneira "sustentável" de aumentar o conteúdo de ómega-3 na dieta é com o recurso à tecnologia genética. "Não há nenhuma planta natural que tenha a capacidade de sintetizar os ácidos gordos de cadeia larga ómega-3, pelo que não há outro remédio senão recorrer aos transgénicos", assinala o perito.
 

 

O Ácido Eicosapentaenóico (EPA) e o Ácido Docosahexaenóico (DHA) são produzidos normalmente por algas marinhas microscópicas que servem de alimento a peixes pequenos, passando assim para a cadeia alimentar.
 

 

Napier extraiu genes dessas algas e inseriu-as em culturas de linhaça e colza para que produzissem esses ácidos gordos. As plantas transgénicas resultantes podem utilizar-se para alimentar as aves de aviário e outros animais. Segundo Napier, num prazo de cinco anos poderia dispor-se já desse tipo de culturas transgénicas.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.