Plano europeu para combater bactérias resistentes a medicamentos

Projecto da Comissão Europeia

28 dezembro 2011
  |  Partilhar:

A Comissão Europeia anunciou um plano, dividido em 12 acções, contra bactérias resistentes a medicamentos, incluindo o desenvolvimento de novos agentes antimicrobianos ou alternativas de tratamento e o reforço da prevenção das infecções em meio hospitalar.

 

O executivo comunitário quer ainda, em coordenação com os estados-membros, reforçar o quadro regulamentar da União Europeia (UE) no domínio dos medicamentos veterinários e dos alimentos medicamentosos para animais e introduzir recomendações para a utilização prudente de agentes antimicrobianos na medicina veterinária, incluindo relatórios de acompanhamento. A Comissão Europeia quer também promover formas de colaboração sem precedentes para proporcionar aos doentes novos antibióticos.

 

Segundo dados de Bruxelas, citados pela agência Lusa, anualmente morrem cerca de 25 mil doentes em resultado de infecções causadas por bactérias resistentes aos medicamentos. A resistência das bactérias a medicamentos tem ainda custos associados superiores a 1,5 mil milhões de euros em despesas com saúde e perdas de produtividade, o que torna a resistência antimicrobiana um problema de saúde cada vez mais grave na UE.

 

Dados publicados pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças sobre resistência aos antibióticos revelam que a resistência a antibióticos de última linha está a aumentar na Europa, nomeadamente em ambiente hospitalar.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.