Pistas para o sucesso no futebol

Comprar jogadores por milhões de contos não é a melhor estratégia, adianta estudo

02 agosto 2001
  |  Partilhar:

As equipas de futebol profissionais gastam milhões de contos na compra de craques da bola, mas especialistas na matéria sugerem uma estratégia bem mais adequada.
 

 

Um estudo encomendado pelas principais ligas do futebol europeu mostrou que o espírito, a confiança e a estabilidade da equipa são a melhor receita para o sucesso.
 

 

De acordo com os psicólogos da Universidade de Southampton, na Inglaterra, que desenvolveram o estudo, as descobertas revelam que as equipas com o menor número de modificações de jogadores é sinónimo de sucesso garantido, enquanto que aquelas com o maior número de alterações alcançam resultados menos satisfatórios.
 

 

Num comunicado oficial, Mark Van Vugt, líder da investigação, não tem pejo em afirmar que o “estudo indica como os clubes de futebol profissional podem economizar muito dinheiro".
 

 

E explica: "Em vez de investir em novos jogadores e alterar as equipas, os clubes devem desenvolver as capacidades de grupo dos seus actuais jogadores para garantir que todos estejam familiarizados com o jogo de cada um."
 

 

Estas são afirmações fundamentadas. Van Vugt e a sua equipa chegaram a estas conclusões após terem avaliado a performance de dezenas de clubes da primeira divisão do campeonato inglês, assim como da Série A italiana.
 

 

Para tal, desenvolveram um "índice de estabilidade" destinado a avaliar a frequência de alterações na equipa, e depois foi só correlacionar o sucesso com a consistência da formação da equipa.
 

 

Por exemplo, o Manchester United, um dos clubes de futebol mais bem-sucedidos, atingiu 84,4 por cento no índice de estabilidade, ao invés, o Manchester City - que baixou da primeira divisão no final da última temporada - atingiu apenas 40 por cento.
 

 

Os investigadores afirmaram, no entanto, não saber se as equipas bem-sucedidas são mais estáveis porque o sucesso indica que não precisam mudar a sua formação regularmente ou se a própria estabilidade explica o sucesso. "Há uma grande discussão para saber se a coesão leva a uma melhor performance ou se uma boa performance leva à coesão", disse Jane Pritchard, uma das investigadoras do Departamento de Psicologia da universidade.
 

 

De acordo com a investigadora, não é possível afirmar que espírito, confiança e estabilidade de uma equipa forte estejam directamente correlacionadas com o sucesso no futebol. Mas refere que, às vezes, os clubes sem craques da bola internacionais, mas com coesão, podem atingir um sucesso desproporcional.
 

 

Adaptado por: Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

Fonte: Reuters
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.