Pílulas de terceira e quarta geração vão ser analisadas

Pedido foi feito pela França

30 janeiro 2013
  |  Partilhar:

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) vai analisar, após um pedido feito pela França, a terceira e quarta geração de contracetivos orais combinados para determinar se será necessário restringir a sua utilização.
 

No comunicado divulgado no seu “site”, a EMA indica que se pronunciará sobre “se a informação disponível atualmente sobre o produto é a melhor possível para pacientes e médicos tomarem decisões de saúde apropriadas”.
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que a EMA explicou que esta é a primeira vez que um Estado membro pede uma recomendação da União Europeia para aqueles medicamentos no âmbito da nova legislação de farmacovigilância.
 

No domingo passado a agência de medicamentos francesa referiu que a toma da pílula Diane 35 estava associada a quatro mortes por trombose venosa.
 

O presidente da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal (SPOMMF), Luís Graça, que as notícias que associam mortes à toma de uma pílula são alarmistas.
 

Em declarações à agência Lusa, o médico referiu que qualquer medicamento tem sempre algum risco associado e que, no caso da pílula, os benefícios superam os riscos.
 

A Sociedade Portuguesa de Contraceção (SPdC) e a Sociedade Portuguesa de Ginecologia (SPG) indicaram que “não vêm pois qualquer motivo para uma alteração na prescrição dos contracetivos hormonais combinados, incluindo a associação de etinil-estradiol e acetato de ciproterona (Diane35R e seus genéricos), desde que continuem a ser respeitados todos os critérios de elegibilidade da Organização Mundial de Saúde e do Consenso Nacional de Contraceção, ou seja, desde que tomados sob orientação médica”.
 

As duas entidades acrescentam que não encontram motivos para que as mulheres utilizadoras de pílula suspendam a sua toma.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.