Pílula pode ajudar a controlar asma

Estudo publicado na revista “CHEST”

10 novembro 2009
  |  Partilhar:

Durante o ciclo menstrual normal, as mulheres asmáticas que não tomam contraceptivo oral apresentam mais sinais de inflamação nas vias aéreas do que aquelas que tomam a pílula, sugere um estudo publicado na “CHEST” (revista da American College of Chest Physicians).

 

Investigadores da McMaster University, em Hamilton, Canadá, avaliaram 17 mulheres asmáticas durante os seus ciclos menstruais. Foram verificadas diferenças nos níveis de óxido nítrico exalado – marcador de inflamação associado à doença.

 

De acordo com o estudo, as mulheres que não usavam contraceptivos orais apresentaram médias de óxido nítrico exalado mais elevadas do que aquelas que tomavam a pílula. E esse efeito poderia indicar maior inflamação e estreitamento das vias aéreas – factores relacionados com a piora dos sintomas respiratórios.

 

Além disso, entre as mulheres que não usavam o método contraceptivo, foi verificada uma relação entre o aumento nos níveis de estrogénio e uma redução do óxido nítrico exalado. Foi também observada uma relação entre o aumento da progesterona e o aumento dos níveis daquele marcador.

 

Baseados nestes resultados, os cientistas sugerem que o contraceptivo oral possa ter um papel potencial no controlo da asma em mulheres pré-menopáusicas.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.