Pílula do dia seguinte analisada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal

Suspensão da venda adiada para segunda-feira

04 maio 2006
  |  Partilhar:

 

A decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa de emitir uma providência cautelar que suspenda a venda da pílula do dia seguinte Norlevo foi adiada para segunda-feira, 8 de Maio, segundo a presidente da Associação pró-vida Mulheres em Acção, responsável pelo requerimento.
 

 

Madalena Simas explicou que o adiamento se deveu à continuação da audição de testemunhas que o tribunal realizou esta semana e manifestou-se confiante de que possa existir uma decisão judicial ainda na segunda-feira.
 

 

A Associação Mulheres em Acção requereu uma providência cautelar para suspender a venda da pílula do dia seguinte Norlevo, argumentando que a bula que acompanha o fármaco é omissa quanto a eventuais danos para a saúde das menores de 16 anos, noticia o jornal Público.
 

 

Fontes: Lusa e Público
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.